Gostou do artigo? Compartilhe!

Inca divulga estimativas de câncer de próstata

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

De acordo com dados, câncer de próstata continua sendo o mais incidente entre homens. Número sobe de 49.530 para 52.350 casos  

O país terá quase 500 mil novos casos de câncer em 2010: 489.270. A informação faz parte da “Estimativa 2010: Incidência de Câncer no Brasil”, produzida pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) uma vez a cada dois anos. Os cânceres mais comuns em todas as regiões do Brasil serão o de pele não melanoma, próstata e mama feminina. O levantamento mostrou mais uma vez que o câncer de próstata é o mais comum entre os homens de todas as regiões do país. A estimativa para 2010 é de 52.350 casos, enquanto que o de mama feminina registrará 49.240 novos casos.  

A estimativa de 2008 para o câncer de próstata era de 49.530 casos. Frente a esses dados, a Sociedade Brasileira de Urologia reitera sua recomendação de ir a um urologista fazer os exames preventivos a partir dos 45 anos. Caso haja antecedente familiar, a visita anual ao urologista deve começar aos 40 anos.  

Pesquisa recente da SBU, encomendada ao Datafolha, mostra que o preconceito ainda é forte no Brasil. Apenas 32% dos homens entrevistados afirmaram já terem feito o exame de toque e 47% o exame sanguíneo de PSA. Para o diagnóstico precoce, os dois exames são complementares e um não substitui o outro.

Autor

Dr André Milanezi Lorenzini

Dr André Milanezi Lorenzini

Urologista

Especialização em Urologia no(a) hospital felicio rocho.